Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

CINCO PROJETOS ARQUITETÓNICOS MEGALÓMANOS QUE NUNCA FORAM CONSTRUÍDOS

Mäyjo, 24.07.15

Projetos que nunca saíram do papel

Os arquitectos estão entre os melhores criativos do mundo. Sem novas ideias e estruturas a sociedade não consegue progredir e evoluir. E os arquitectos fazem parte do grupo de pessoas que permitem expandir os limites e testar novos conceitos. Às vezes funcionam, outras não.

Muitas vezes, os novos projectos arquitectónicos são abandonados devido a constrangimentos monetários ou porque a sociedade à qual estão destinados não são tão progressivos quanto os arquitectos que conceberam os projectos. Tal significa que uma grande quantidade de ideias inovadoras para edifícios e cidades acabam por nunca sair do papel e caem em esquecimento. O Mental_floss partilha cinco destes projectos que ficaram na gaveta.

  1. O Pássaro Verde de Londres

Os londrinos escaparam por pouco a um erro que faria corar até os arquitectos mais progressistas quando o projecto para a construção da torre “Pássaro Verde” foi atirado para dentro e uma gaveta em 1990. O atelier de arquitectura Architects Future Systems sugeriu a construção de uma torre de 83 andares de 442 metros em Battersea. O edifício curvar-se-ia sobre a cidade. O único problema era a forma do edifício, que iria sempre cair no ridículo.

Debandada no Ártico

Mäyjo, 24.07.15

ÁRTICO: DESABAMENTO DE GRUTA

PROVOCA FUGA DAS GAIVOTAS

Centenas de aves marinhas, entre as quais gaivotas-hiperbóreas, gaivotas-tridáctilas e fulmares-glaciais, estavam a alimentar-se de peixe numa gruta de gelo em Svalbard, no árctico norueguês, quando o tecto da gruta colapsou, o que obrigou as aves a fugirem.

Mike Reyfman estava num barco à entrada da gruta a fotografar outras aves marinhas quando se deparou com a fuga apressada dos animais que estavam dentro da gruta. Com a sua câmara, Reyfman fotografou o espectáculo que foi centenas de aves a fugirem de dentro da gruta.

Porém, desengane-se se pensa que as aves ficaram a perder. O desabamento da gruta, que fica perto do glaciar Spitsbergen, deu origem a um fenómeno conhecido por destacamento do gelo, que ao cair para a água faz com que os peixes e plâncton sejam empurrados para a superfície da água durante alguns instantes. O que ocorreu depois terá sido um festim de peixe para as aves, que depois de o gelo cair regressaram ao local para se banquetear com o peixe fácil de apanhar.

Veja aqui as fotos da fuga das gaivotas da autoria de Mike Reyfman que o Daily Mail partilhou.

 

MAIO PASSADO FOI O MAIS QUENTE DESDE O FIM DO SÉCULO XIX

Mäyjo, 24.07.15

temperaturas_SAPO

O mês de Maio passado foi o Maio mais quente de sempre – ou, pelo menos, desde que se iniciou a medição das temperaturas médias do planeta, em 1880. A temperatura acima da média do último mês revela que o aquecimento global continua a aumentar.

Segundo os dados divulgados pela Agência dos Oceanos e Atmosfera norte-americana (NOAA, sigla em inglês), a temperatura média à superfície do globo (oceanos e terra) foi, em Maio de 2015, 0,87°C acima da média do século XX para este mês – a mais elevada para o período 1880 a 2015.

O mês de Maio mais quente da história dos registos pertence a 2014, mas Maio de 2015 ultrapassou o de 2014 em 0,08°C. Os dados da NOAA indicam ainda que o período relativo aos cinco primeiros meses deste ano foi também o mais quente alguma vez registado, escreve o Huffington Post.

No oceano Árctico, a superfície média de gelo, em Maio, foi 5,5% inferior à média do período entre 1880 e 2010. Também no último mês, os gelos árcticos registaram a terceira mais fraca superfície desde o início das observações por satélite em 1979.

Foto: NOAA

LIXO ELETRÓNICO ILEGAL VALE €17.000 MILHÕES/ANO

Mäyjo, 24.07.15

Mais de 90% de todos os resíduos elétricos e eletrónicos produzidos anualmente no mundo, no valor de €17.000 milhões, foram comercializados ou descartados ilegalmente, de acordo com um novo relatório publicado pela UNEP (Programa Ambiental das Nações Unidas)

Todos os anos, a indústria da eletrónica de consumo gera mais de 41 milhões de toneladas de lixo eletrónico, dos computadores aos smartphones. O crescimento desta indústria levará este número para os 50 milhões de toneladas até 2017.

No entanto, entre 60 a 90% destes resíduos são comercializados ou descartados ilegalmente, de acordo como estudo Waste Crimes, Waste Risks: Gasps and Challenges in the Waste Sector. Segundo a Interpol, o valor de cada tonelada de lixo eletrónico vale perto de €450 – assim, o valor total do lixo eletrónico ilegal do setor chega aos €17.000 milhões.

“Estamos a passar por um tsunami de lixo eletrónico sem precedentes, que é responsável por uma grande porção dos resíduos não reciclados do mundo mas também põe em perigo a saúde e ambiente, através dos elementos perigosos que contém”, explicou o subsecretário de Estado das Nações Unidas e director geral da UNEP, Achim Steiner.

A solução para este problema, explica Steiner, passa pela “cooperação internacional” e “coerência legislativa”. Uma mudança nas leis e reforço da mudança de comportamentos dos cidadãos levará a uma situação win-win onde os elementos raros e caros são reciclados de forma segura e reutilizados, ajudando a economia, acabando com o crime e reduzindo os riscos de saúde para a população.

A Europa e América do Norte são os maiores produtores de lixo eletrónico, ainda que a Ásia esteja a juntar-se rapidamente a estes dois mercados. Por outro lado, África e Ásia são os destinos habituais destes resíduos, que são descartados ou reciclagem. Gana (na galeria) e Nigéria são os países que mais lixo eletrónico recebem, seguidos de perto pela Costa do Marfim e Congo. Na Ásia, China, Hong Kong, Paquistão, Índia, Bangladesh e Vietname são os recetores de lixo eletrónico.

 

SEIS RECOMENDAÇÕES PARA MELHORAR A GESTÃO DE RESÍDUOS ELETRÓNICOS

Para acabar com o descarte e comércio ilegal de lixo electrónico, os países devem:

1.Fortalecer a notoriedade, monitorização e informação sobre o tema, mapeando a escala, rotas e estado dos materiais perigosos

2.Fortalecer a caça à fraude e lavagem de dinheiro do sector dos resíduos

3.Fortalecer as leis nacionais e reforçar as capacidades das autoridades

4.Promover as medidas de prevenção e sinergias, facilitando o retorno adequado das transferências ilegais de resíduos, assumindo o carregador os custos

5.Proceder à avaliação de quantidade e qualidades de contentores abandonados, sobretudo na Ásia, e do descarte de produtos contaminados em todo o mundo

6.Melhorar os acordos globais e classificação dos resíduos

 

A pior lixeira eletrónica do mundolixo_a

SÃO ESTAS AS ALDEIAS MAIS BELAS DO MUNDO?

Mäyjo, 24.07.15

Construídas em alguns dos lugares mais belos e recônditos do mundo, existem aldeias que são a prova viva da adaptação humana ao ambiente envolvente. Desde aldeias escondidas entre os recantos do Grand Canyon, no subsolo ou flutuantes, a aldeias erguidas em cima de grandes pedregulhos de granito, o planeta alberga pequenas comunidades nos sítios mais inóspitos e inesperados. O Daily Mail deu a conhecer algumas delas.

Aldeias construídas nos locais mais improváveis

Monsanto, Portugal

Desde 1938 que Monsanto é considerada a “aldeia mais portuguesa de Portugal”. Empoleirada numa encosta granítica do concelho de Idanha-a-Nova, as casas surgem apertadas entre enormes penedos, com minúsculos quintais e hortas separadas por muros de pedra e ladeiras talhadas na rocha viva que se fundem com ela.

11 DOS MAIS CONHECIDOS MAS CRITICADOS DESTINOS TURÍSTICOS DO MUNDO

Mäyjo, 24.07.15

Stonehenge, um monumento com mais de 5.000 anos, não vale a pena a viagem desde Londres; as Pirâmides de Gizé, no Egipto, ficam demasiado perto da cidade e podem ser vistas desde o interior de um restaurante da Pizza Hut; e a cidade de Paris, uma das mais visitadas do mundo, perde todo o brilho devido à antipatia dos seus habitantes.

Estas são algumas das opiniões dos utilizadores do site Reddit.com, que invertem qualquer lógica turística actual, uma vez que estes são três dos mais importantes destinos do mundo.

Estes turistas, que aparentemente não se contentam com pouco, criticaram também a cidade de Los Angeles e o seu Passeio da Fama; apelidaram Veneza, em Itália, de uma “gigantesca ratoeira para turistas”; e acharam o Dubai “demasiado caro, superficial, falso e pouco amigável”.

Veja alguns destinos turísticos que deixam a desejar, segundo os utilizadores do Reddit.com.

 

Concorda com esta lista?